Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

A Datilógrafa do Rés do Chão

O blog pessoal, os contos e as reviews de uma cabeça no ar assumida, amante de livros, séries, pintura acrílica e escrita.

A Datilógrafa do Rés do Chão

O blog pessoal, os contos e as reviews de uma cabeça no ar assumida, amante de livros, séries, pintura acrílica e escrita.

Sobre mim

03.04.21

Sobre mim

por A Datilógrafa do Rés do Chão

165431369_105117078343043_5308988982007143117_n.jp

Nasci alfacinha de gema numa típica noite de Fevereiro, enquanto a minha irmã mais velha se deliciava com um hambúrguer e os meus pais faziam figas para eu vir a este mundo depressa, no ano de 1990.

Ansioso e feliz por ser uma menina, o meu pai foi o primeiro a pegar em mim e, em vez de se preocupar com o sinal enorme que eu tinha na testa, a única observação que fez com os olhos marejados em lágrimas foi:

- Ela tem as unhas tão grandes!

O Médico com um tom divertido respondeu-lhe:

- Sabe, é que lá dentro não há manicure nem pedicure...

E assim começou a história da minha vida.

A minha infância foi passada entre as duas margens do Rio Tejo, no tempo em que os Legos, o Playmobil e os Action Men estavam em voga. Escusado será dizer que Barbies e Kens serviam única e exclusivamente para eu os despir, me cansar deles e rapidamente ir buscar uma bola ou os carros da Hot Wheels do meu primo. Adorava brincar na rua, sujar-me e suar como uma autêntica Maria Rapaz, mas assim que chegava a casa, a minha verdadeira paixão eram as consolas de videojogos, os livros e a escrita.

Na adolescência, devido à influência de uma certa rebeldia que me aflorava o espírito e de um romantismo inabalável, tive alguns blogs que nunca chegaram a lado nenhum, pois depressa me deixava vencer pela preguiça de os manter, a falta de disciplina e os famosos bloqueios criativos.

Após muitos tropeços nos estudos, de alguns anos no mercado de trabalho já na fase adulta e de uma perda significativa, percebi que queria mais para a minha vida. Portanto, repleta de sonhos e de uma vontade férrea de enveredar pela área que sempre quis, em 2015 entrei em Línguas, Literaturas e Culturas na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, licenciando-me em 2018 com satisfação, alegria, mas, sobretudo, com muito suor, lágrimas e noites mal dormidas. Durante este período, para ajudar com as propinas da faculdade, descobri a paixão pelo ensino e comecei a dar Explicações Particulares de Inglês e Português.

Ainda durante esta altura, a minha paixão pela escrita falou mais alto e consegui manter um blog durante 4 anos intitulado de "O Sussurro das Palavras", desistindo posteriormente por já não me identificar com o género de escrita e pela ambição de experimentar um estilo diferente depois de ter estudado tantos clássicos da literatura.

A minha mais recente loucura é trabalhar num Centro de Estudos como Professora de Português e Inglês, mantendo o meu próprio negócio em simultâneo.

Descobri também a paixão pela pintura acrílica e nos meus tempos livres, além de ler, escrever, ver séries, ouvir música, ser uma gamer viciada em The Legend of Zelda e mimar os meus gatos até eles me virarem a cara com desdém, gosto muito de pegar nos pincéis e dar asas à imaginação experimentando cores na tela.

Com este novo projeto, pretendo desafiar-me e ser capaz de seguir em frente com o sonho antigo de me tornar numa escritora. 

Adoro comer, cozinhar, caminhar, viajar, natureza, tatuagens, felinos e de ser feliz com as pequenas coisas da vida, mas aquilo que me define mais é o meu amor pela literatura, pelas línguas e pela escrita.

Acredito que tudo tem uma razão e um momento certo para acontecer.

 

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Na mesa de cabeceira:

No ecrã:

Calendário

Abril 2021

D S T Q Q S S
123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930